O retumbar dos tambores,
na cardio-cadencia digital,
analogicamente nos conduz
por superfícies vibracionais,
num surf cósmico
para dentro de sí,
onde podemos contemplar de perto
a beleza do exterior,
universos diversos
aos que chamamos,
por não podermos vê-los completos,
de pessoas.
E no afã de nos entendermos,
temos no outro o espelho,
e aos recebermos os pulsos,
quasares, supernovas, blackholes,
ou simplesmente idéias,
que atravessam mares quânticos,
ondas sonoras numa faixa reduzida
e que, na sua finita capacidade,
traz o infinito vislumbre
daquilo que PODE vir.

Ahoo

Anúncios

Sobre Léo Nascimento

um caminhante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s